Abrir a boca com um suspiro

PROJECTO ARRUINADO | PORTUGAL

INSTALAÇÃO / INSTALLATION
7 > 11 DEZ / DEC | 18h – 00h00 / 6 p.m. – midnight
ESPAÇOS ALTERNATIVOS / ALTERNATIVE SPACES *
loop | classificação etária / age rating 12
* sala de ensaios / rehearsal room

..
Abrir a boca com um suspiro é um sistema interactivo composto por 5 quadros diferentes para que o público possa interagir directamente com eles. Este projecto pretende, assim, despertar a sensibilidade e criatividade do espectador através do diálogo interactivo com a obra. O público é chamado a participar não apenas através de uma interacção tipo “causa-efeito” mas através da atribuição de uma significação a essa intervenção que se materializa numa nova componente expressiva audiovisual que irá alterar a composição dos vídeos.
_
Open the mouth with a breath is an interactive system composed of 5 different frames so that the audience could interact directly with them. This project pretends, in this way, awaking the member’s of the audience’s sensibility and creativity through an interactive dialogue with the work. The audience is called to participate not only with a cause-effect interaction but also in giving a meaning to this intervention, which becomes real through a new audiovisual expressive component which will alter the videos composition.
FICHA ARTÍSTICA / CAST
Direcção Artística / Artistic Direction : Joana Bergano e Tiago Cerqueira
Interprete / Interpreter : Joana Bergano
Realização / Direction : Joana Bergano e Tiago Cerqueira
Edição / Editing : Hélder Cardoso e Tiago Cerqueira
Pós-Produção / Post-Production : Hélder Cardoso
Implementação Técnica / Technical Implementation : Hélder Cardoso
Design do Som / Sound Design : Tiago Cerqueira
Programação Software / Software Programming : Rui Madeira
Ilustração / Illustration : Pedro Gil
Fotografia / Photography : Joana Bergano e Tiago Cerqueira
Hardware e Objectos Cénicos Interactivos / Hardware and Interactive Scenic Objects : Hélder Cardoso
Apoios / Sponsors : ACCCA – Companhia Clara Andermatt; C.M.Moura; Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos; Junta de Freguesia S. João Baptista
///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

.PROJECTO ARRUINADO
www.arruinado.net

A 2ª série de PROJECTO ARRUINADO, colaboração artística entre Joana Bergano, Tiago Cerqueira, Hélder Cardoso e Rui Madeira, teve como propósito a criação de um objecto artístico site-specific em formato de vídeo instalação interactiva, a partir da pesquisa interdisciplinar em torno dos corpos e da imagem.
Através da ocupação das antigas instalações do Convento do Carmo, em Moura, conjugou-se a investigação e experimentação física, visual e tecnológica com a estrutura arquitectónica do mesmo, para a criação de uma obra fragmentada em 5 quadros de vídeo interactivo inspirados nos universos de Anne Sexton, Íris Chang, Alfonsina Storni, Francesca Woodman, Sarah Kane e Kay Sage.
The 2nd series of the PROJECTO ARRUINADO, artistic collaboration amongst Joana Bergamo, Tiago Cerqueira, Hélder Cardoso and Rui Madeira, had the purpose the creation of a site-specific artistic object in a video interactive installation format, based on a interdisciplinary research around bodies and image.
Through the observation of the installations previously held in Convento do Carmo, in Moura, the investigation and the physical experimentation, both visual and technological, matched the architectural structure of the building in order to create a work fragmented in 5 interactive video frames inspired by universes of Anne Sexton, Íris Chang, Alfonsina Storni, Francesca Woodman, Sarah Kane and Kay Sage.
.
JOANA BERGANO
Iniciou a sua formação em dança na Companhia de Dança de Almada e licenciou-se na Escola Superior de Dança. Integrou elencos de coreografias de Clara Andermatt, Miguel Moreira, Rui Lopes Graça, Aldara Bizarro entre outros. Trabalha como coreógrafa da companhia do Teatro Extremo e como formadora na Fundação Calouste Gulbenkian. Em 2008, coreografou a sua primeira peça, Be in La La Land, one solo for me, apresentada na BoxNova do C.C.B. 

She started her dance formation in Dança de Almada Company and took her degree at the escola Superior de Dança. She performed in choreographies by Clara Andermatt, Miguel Moreira, Rui Lopes Graça, Aldara Bizarro, amongst the others. She currently works as a choreographer of the Teatro Extremo Company and as a tutor at Calouste Gulbenkian foundation. In 2008, she created her first choreography Be in La La Land, one solo for me, presented at the C.C.B Box Nova.
.

TIAGO CERQUEIRA
É diplomado pela EPMA em Música e Novas Tecnologias e pela ESMAE em Produção e Tecnologias da Música. A sua actividade profissional e artística centra-se na produção e composição musical, onde tem desenvolvido o uso expressivo de tecnologias contemporâneas. É co-autor dos projectos PangeiArt, Movementsoundlab, Sintonic Lab e Urban Art Sense. Trabalha frequentemente no âmbito das artes performativas para companhias e criadores a nível nacional e internacional. 

He got his diploma at EPMA in Music and New Technologies and at ESMAE in Music Production and Technology. His professional and artistic activity focuses on music production and composition, field in which he has developed a contemporary expressive use of technologies. He’s co-author of the projects PangeiArt, Movementsoundlab, Sintonic Lab and Urban Art Sense. He frequently works in the performance arts field for companies and creators both at national and international level.
.

HÉLDER CARDOSO
Formado em audiovisuais pela ETIC  em Lisboa. Tem mantido desde então uma relação muito estreita entre as artes visuais e o mundo do espectáculo.
Nos últimos anos o seu trabalho tem-se centrado em várias áreas ligadas à imagem e às novas tecnologias. No seu percurso destacam-se várias   actividades: direcção técnica, acções de formação, design, programação, motion design, efeitos visuais e 3D nas mais diversas áreas, cinema, publicidade, vídeo clips, teatro, dança, concertos e outros eventos. Tem construído objectos cénicos e interactivos, desenvolvido soluções multimédia e colaborado em inúmeras criações nacionais e internacionais com artistas como: Patrícia Portela, Miguel Moreira, Guillermo Weickert, Vítor Joaquim, João Garcia Miguel, Rui Horta, Micro Audio Waves, Xutos e Pontapés, etc. 

He studied Audiovisual at ETIC School in Lisbon. He has kept a tightly-knit relationship between Visual Arts and the world of entertainment.
In the last few years his work has been focusing on different areas linked to image and new technology. In his path different activities detach: technical direction, training actions, design, programming, motion design, visual and 3D effects in several fields like cinema, advertising, video clips, theatre, dance, concerts and other events. He has been building scenic and interactive objects, developing multimedia solutions and collaborating in innumerable national and international creations with artists such as: Patrícia Portela, Miguel Moreira, Guillermo Weickert, Vítor Joaquim, João Garcia Miguel, Rui Horta, Micro Audio Waves, Xutos e Pontapés, etc.
.

RUI MADEIRA
Designer computacional independente que cria e desenvolve ambientes interactivos únicos e lúdicos. Os seus trabalhos nascem da intersecção de diferentes disciplinas incluindo ilustração, animação e design de interacção. Ao usar linguagens de programação como alicerce para o seu trabalho constrói sistemas específicos e adaptáveis que fogem das limitações das ferramentas tradicionais. Isto permite a criação de instalações surpreendentes e inovadoras onde visuais ilustrativos interagem com meios que variam desde interfaces físicos a sistemas de visão por computador.
Participou em diversos projectos tanto a solo como colaborativos incluindo performances e concertos interactivos, visualizações generativas em tempo real e instalações interactivas. Já realizou trabalhos para London College of Fashion, Centro Cultural de Belém, Pavilhão do Conhecimento, Fundação Portuguesa das Comunicações, Moda Lisboa, Camara Municipal de Almada, Companhia Nacional de Bailado, Monstra: Festival de Animação, entre outros. As suas colaborações incluem Rui Horta, Micro Audio Waves, André Gonçalves, NearInteraction, Guilherme Martins e O Cubo. 

Rui Madeira is an independent Computer Designer who creates and develops unique and recreational interactive ambient.
His works were born from the intersection of different disciplines including illustration, animation and interaction design. In using program languages as groundwork for his work, he built specific and adaptable systems which escape from traditional tools limitations. This allows to create amazing and innovative installations where illustrative visuals interact with media such as physical interfaces and computer vision systems.
He developed different projects both on his self and as collaborator including performances and interactive concerts, real-time generative views and interactive installations. He has already realised works for the London College of Fashion, Centro Cultural de Belém, Pavilhão do Conhecimento, Communication Portuguese Fundation, Moda Lisboa, Camara Municipal de Almada, Companhia Nacional de Bailado, Monstra: Festival de Animação. His collaborations include Rui Horta, Micro Audio Waves, André Gonçalves, NearInteraction, Guilherme Martins and O Cubo.

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s